E um recurso que dialoga muito bem com as estratégias digitais e presenciais de marketing – site/blog, redes sociais, propaganda, letreiros e outros – de uma marca são os materiais personalizados.

Estes itens são um recurso muito eficaz para disseminar a marca sem grandes esforços de mídias e investimentos, pois são soluções relativamente simples.

Porém, trazem um grande retorno quando representam uma marca que realmente esteja alinhada com o negócio e com a identidade visual dele.

Confira algumas dicas para personalizar o seu negócio.

Sucesso!

Tudo começa na Visão, na Missão e nos Valores da empresa

Todo negócio deve começar pela definição da sua Missão, da sua Visão e de seus Valores. São as formas concisas dele mostrar ao mercado qual é o seu posicionamento como marca. É a partir deles que se desenha a Identidade Visual da marca.

Missão:

Qual o propósito fundamental da empresa. Exemplo: simplificar a vida financeira das empresas.

Visão:

Onde a empresa quer chegar como um topo de projeto. Exemplo: ser a líder do setor de consultorias financeiras em 2022.

Valores:

São uma série de lemas sobre os quais todo o trabalho da empresa se apoiará para atingir a Visão e cumprir a Missão. Exemplos: adotar solução únicas a cada cliente, ser um parceiro no crescimento dos negócios.

Você sabe o que é a Identidade Visual do seu negócio?

A Identidade Visual é o conjunto de imagens, frases, logotipo que vão comunicar a Missão, a Visão e os Valores da empresa e trabalhar para formar na mente das pessoas um conjunto de informações que farão a sua marca ser lembrada e, principalmente, ser reconhecida pelos valores que ela realmente cultua.

A Identidade Visual é a grande entrada na mente dos consumidores. Reconhecemos marcas como Shell e McDonalds apenas pelo logotipo e isso é um trabalho extremamente competente de Identidade Visual – a concha e o M estilizado.

Um slogan também é um componente forte da Identidade Visual, como o famoso just do it da Nike. Não precisa ter palavras que lembrem os produtos, deve ser uma frase de impacto que tenha relação com o propósito da marca –  o que funciona com perfeição neste exemplo.

Todos os elementos da Identidade Visual irão para o site/blog, redes sociais, materiais promocionais ou de representação e brindes. São eles que vão propagar a marca com sua filosofia em imagens e textos.

Dica 1 para personalizar seu negócio: seu cartão de visita

O cartão de visita continuam sendo um excelente instrumento para a primeira impressão do seu negócio. Por este motivo, deve ter um estilo que transmita o espírito da empresa.

Ele deve fugir do lugar-comum do cartão branco com duas ou três informações mesmo para negócios tradicionais. Um design atraente e que traduza o seu negócio também transmite modernidade – algo que todos muitos clientes valorizam hoje em dia.

Dica 2 para personalizar seu negócio: sua proposta de venda

Este é o documento crucial do processo de venda, e ele deve ser a tradução do estilo, assim como o cartão de visita. Uma proposta é algo mais sóbrio mas nem por isso precisa ser frio, principalmente para segmentos como o design e a moda.

Dica 3 para personalizar seu negócio: suas embalagens

Este é um veículo muito eficiente para expandir a marca a um custo baixíssimo – apenas personaliza, já que a embalagem é parte obrigatória do processo.

As embalagens personalizadas viajam e chamam a atenção visualmente, mesmo que eu lugares improváveis. Mas serão lembradas quando falarem de um produto ou reconhecidas, o que é excelente para o negócio.

E não só as embalagens de envio de mercadorias, um saco plástico personalizado também pode representar a sua marca na entrega de produtos presencialmente.